O ex-secretário da Casa Civil de Santa Catarina, Douglas Borba, foi preso preventivamente na manhã deste sábado na segunda fase da Operação Oxigênio. Seu advogado Leandro Barros também teve a prisão preventiva cumprida.

As ações fazem parte da investigação que apura crimes contra administração pública em processo de dispensa de licitação para aquisição emergencial de respiradores pelo governo de Santa Catarina.

Estão sendo cumpridos ainda 14 mandados de busca e apreensão e seis mandados de prisão preventiva.

A operação está sendo realizada em cinco municípios dos estados de Santa Catarina, Rio de Janeiro e São Paulo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

treze − 6 =