A brasileira Amanda Nunes não gostou da lista feita pelo irlandês, Conor McGregor, dos melhores lutadores de todos os tempos. Detentora de dois cinturões do Ultimate, Amanda não apareceu na lista que é encabeçada pelo também brasileiro, Anderson Silva.

Amanda, que enfrenta Felícia Spencer, neste sábado, no duelo principal do UFC 250, em Las Vegas, lembrou, em entrevista ao Combate.com, vitórias sobre as ex-campeãs Cris Cyborg, Ronda Rousey, Holly Holm, Miesha Tate, Valentina Shevchenko (duas vezes) e Germaine de Randamie (também duas).

Sem modéstia, Amanda acredita que é a melhor de todos os tempos por ter uma história consolidada e não apenas um cinturão. Ela lembrou que pegou dois cinturões e defendeu dois.

Amanda Nunes acredita que o fato de ser mulher contribui na hora de não ser lembrada em uma listagem como a feita por Conor McGregor. Ela crê que, caso seus feitos tivessem sido conquistados no masculino, ela não ficaria fora da lista.

Clique aqui para ler a entrevista completa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

5 × 2 =