Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

Ex-ministro do governo Lula, José Dirceu disse que o ex-juiz da Lava Jato Sergio Moro se acovardou e que o eleitorado dele vai se decantar até 2022. “Ele mostrou que não está à altura de disputar uma candidatura à Presidência da República.

Em entrevista ao Poder360, José Dirceu afirmou que Moro conduziu as investigações contra o PT politicamente. “Infelizmente o Supremo validou, depois o Tribunal se deu conta do que representava o morismo, o lavajatismo.

Para Dirceu, Moro foi conivente (nas ações com o governo Bolsonaro. “Inclusive ele assinou essa portaria para armar as milícias“, disse. “Ele se acovardou. Vai ser candidato a presidente da República, com esse comportamento? Não passará para o 2º turno.” O ex-ministro petista cita a entrevista de Moro ao programa Fantástico, da Rede Globo, como o exemplo da dificuldade do ex-juiz de se distanciar dos movimento feitos durante o período que integrou o governo Bolsonaro.

Ele disse que não pensa em voltar para a cadeia por ter convicção de que vai ser absolvido nos processos. “Eles não têm provas para me condenar por corrupção e lavagem de dinheiro nas relações com a Petrobras.

O ex-ministro afirmou que está escrevendo seu 2º livro de memórias. E vai tratar das consultorias. “A grande maioria foi para empresas no exterior. Fiz 108 viagens em 6 anos para 23 países. Eu cometi erros. Falei para o juiz Moro: ‘Quer me condenar por empréstimos não declarados ou por uma reforma em imóvel, me condene. Mas não me condene pelo o que eu não fiz.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

um × três =