O ministro Dias Toffoli derrubou nesta sexta-feira a liminar da 13ª Vara de Fazenda Pública que impedia a posse do deputado estadual André Corrêa na Alerj.

O deputado chegou a ficar mais um ano preso preventivamente na Operação Furna da Onça, desdobramento da Lava Jato que apura corrupção, lavagem de dinheiro e loteamento de cargos públicos.

“Diante dessas considerações, sem prejuízo de reexame posterior da matéria, defiro a liminar para suspender os efeitos da decisão liminar proferida nos autos da ação civil pública nº 007013-80.2019.8.19.0001 da 13ª Vara de Fazenda Pública e mantida pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que suspendeu a posse do requerente no cargo de Deputado Estadual junto à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. Comuniquem-se solicitando-se informações, que deverão ser prestadas no prazo máximo de 10 (dez) dias. Após, dê-se vista dos autos à Procuradoria-Geral da República”, diz o trecho da decisão de Toffoli.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

oito + 17 =