O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) deve se reunir logo mais, às 10 horas desta quinta-feira (21), com os governadores do Brasil, incluindo o paraibano João Azevêdo (Cidadania). A pauta principal do encontro, promovido por meio de videoconferência, deve ser o veto ao reajuste de servidores públicos.

O governo federal quer que estados e municípios congelem de salários de servidores por 18 meses, como contrapartida à ajuda financeira enviada a prefeitos e governadores para minimizar as perdas causadas pela pandmia da Covid-19, doença causada pelo novo Coronavírus. O veto tem sido muito esperado pelo mercado e pela equipe econômica.

Na Paraíba

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou no último dia 13 de maio, por unanimidade e em caráter de urgência, a Medida Provisória 290, de autoria do poder Executivo, que garante o reajuste salarial de 5% para o servidor público estadual, ocupantes de cargos ou empregos públicos de provimento efetivo, ativos, inativos e pensionistas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

13 − 2 =