Nesta terça-feira (19), o governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), confirmou que deve participar da reunião promovida pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) com os gestores estaduais do Brasil marcada para a próxima quinta-feira por meio de videoconferência.

“Dali (da videoconferência) deve sair o compromisso no tocante ao possível veto ou não de artigos desse projeto. Está todo mundo preocupado com a questão de gastos”, adiantou Bolsonaro na última quinta-feira.

Azevêdo afirmou que a situação ideal seria que houvesse um discurso que partisse do presidente, passasse pelo Ministério da Saúde e chegasse aos governadores e prefeitos em uma linha única de defesa feita dentro de um planejamento para combater a Covid-19.

“Infelizmente esse discurso, essa linha única não aconteceu no Brasil. Em todo lugar do mundo a coordenação de combate foi do presidente, mas, por conta da visão do nosso presidente, não houve isso”, declarou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

20 + 19 =