O governador João Azevêdo lamentou a exoneração de Nelson Teich, que deixou o cargo de ministro da Saúde na manhã desta sexta-feira (15), em publicação nas redes sociais.

“Infelizmente um mês sem avançarmos e agora mais um vácuo que será criado na Gestão da Saúde do país, no pior momento da Crise Sanitária vivida pelo Brasil. Onde iremos parar?”, disse João Azevêdo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco + sete =