O fornecimento de água e o de energia elétrica não pode ser suspenso por motivo de inadimplência dos consumidores enquanto durar o isolamento social provocado pelas medidas preventivas de combate ao coronavírus, mas o consumidor não está isento do pagamento das faturas mensais, sob pena de arcar com o ônus constante na legislação como juros e cadastro negativo, alerta a Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP).

“Em um momento atípico como esse e que existe um grande volume de informações, inclusive de notícias falsas, é normal haver esse tipo de confusão. O pagamento da fatura continua obrigatório, ainda que a inadimplência não provoque o corte no fornecimento desses dois serviços por 90 dias, desde que foi decretado o estado de calamidade pública”.

Como poupar energia elétrica:

– Retire os aparelhos das tomadas quando não estiverem sendo utilizados;
– Acumule roupas para utilizar a capacidade máxima da máquina de lavar;
– Aproveite a luz do dia para executar algumas atividades, mantendo portas e janelas abertas;
– Apague a luz dos cômodos ao sair;
– Use chuveiro elétrico na posição verão ou morno e evite banhos demorados;
– Verifique a vedação da porta da geladeira sempre que usá-la;
– Mantenha os filtros do ar-condicionado sempre limpos para evitar que o motor trabalhe mais.

Como poupar água

– Feche a torneira quando estiver escovando os dentes, fazendo a barba ou lavando as mãos e o corpo;
– Evite banhos demorados;
– Observe se há vazamentos e não deixe torneiras pingando;
– Evite lavar pátios, calçadas e quintais, mas se for necessário, use mangueira de pressão ou reutilize a água da máquina de lavar roupa, por exemplo;
– Utilize a capacidade máxima da máquina de lavar roupa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezesseis − 1 =