A chefe da agência de controle de doenças da União Europeia disse nesta segunda-feira (4) que o Reino Unido é um dos cinco países europeus que ainda não chegaram ao pico do surto de coronavírus, contrariando o que afirma o governo britânico.

Até hoje, o Reino Unido havia registrado quase 190 mil casos de coronavírus e 28.500 mortes. Na Europa, somente a Itália tem mais mortes pela covid-19, doença respiratória provocada pelo coronavírus.

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson, que retornou ao trabalho na semana passada depois de se recuperar da covid-19, disse que o Reino Unido passou pelo pico da doença e está agora na curva descendente.

Andrea Ammon, diretora do Centro Europeu para Prevenção e Controle de Doenças (Ecdc), disse a parlamentares europeus que a Bulgária ainda registra um aumento no número de casos, enquanto Reino Unido, Polônia, Romênia e Suécia não registraram “nenhuma mudança significativa nos últimos 14 dias”.

Para todos os outros países europeus houve uma queda nos casos, disse ela. “Até sábado, parece que a onda inicial de transmissão (na Europa) passou seu pico”, disse a parlamentares em videoconferência.

O Ecdc monitora todos os 27 membros da UE, além de Reino Unido, Noruega, Liechtenstein e Islândia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

9 + quinze =