O deputado federal, Eduardo Bolsonaro (PSL), usou as redes sociais, neste domingo (3), para levantar suspeitas sobre os delegados da Polícia Federal, que interrogaram o ex-ministro Sérgio Moro, em Curitiba.

”Realmente é preciso muito tempo dando depoimentos a delegados amigos para ver se acham algo contra Bolsonaro. Moro não era ministro, era espião”, postou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

onze − dois =