Carla Zambelli voltou a mostrar mensagens trocadas com Sergio Moro.

No caso, 17 mensagens escritas pela própria deputada e uma única resposta seca – e irredutível – de Sergio Moro:

“Se o PR anular o decreto de exoneração, ok.”

Isso confirma exatamente o que disse Sergio Moro.

Se Jair Bolsonaro desistisse de demitir Maurício Valeixo e parasse de interferir na PF, Sergio Moro continuaria no governo, como fez no ano passado, quando também resistiu à pressão do presidente.

Há uma novidade nas mensagens: Carla Zambelli admite que estava negociando com Sergio Moro a pedido de Jair Bolsonaro:

“O Planalto que pediu.”

Foi por isso que Sergio Moro mostrou no Jornal Nacional as mensagens da deputada, em que ela lhe oferecia uma vaga no STF: Carla Zambelli atuou nesse episódio como garota de recados de Jair Bolsonaro.

É um bom material para Celso de Mello.

Sergio Moro resistiu até o fim

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

um + 12 =