O governador João Azevêdo (Cidadania) chamou atenção para forma como o Governo Federal quer dividir os recursos financeiros para o combate à pandemia nos Estados e alertou que a divisão pode terminar com a Paraíba entre os prejudicados, já que a falta de recursos e de equipamentos, principalmente de respiradores e, consequentemente, de leitos de Unidade de Terapias Intensiva (UTIs) pode complicar as ações de combate ao Covid-19 na Paraíba.

De acordo ele, no momento da distribuição dos recursos, deve-se levar em consideração as questões relacionadas aos atendimentos nas áreas de média e alta complexidade, que segundo o governador, são oferecidos por poucos municípios paraibanos. “Quem presta esses tipos de atendimento é que deve receber a maior fatia dos recursos isso e não vem acontecendo, lamentou o governador.

Outro problema citado por João Azevêdo no combate ao Coronavírus, é com relação a burocracia para a compra de respiradores, “equipamentos estes que são de grande importância na instalação de um leio de UTI.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

1 × um =