A Paraíba atingiu o ponto máximo da pandemia do coronavírus desde o último dia 20 de abril, revelou o secretário de estado da saúde, Geraldo Medeiros. Ele disse que os números mais altos da doença devem perdurar ainda até o fim de maio. Além disso, conforme a assessoria da Secretaria de Estado da Saúde, 50% dos leitos de UTI adulto estão ocupados na Paraíba.

Conforme o secretário, a informação o pico da doença é baseada em estudos de um comitê científico formado pelos nove estados do nordeste. Os casos são monitorados pelo calor, através dos pacientes que apresentam febre e que, dessa forma, identificam os possíveis casos do coronavírus.

No dia 20 de abril, a Paraíba tinha 263 casos da doença. Até a manhã desta terça-feira (28) a Paraíba já contabiliza 633 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgadas nesta segunda-feira (27). O número de mortes confirmadas por Covid-19 subiu para 53 no estado desde o início da pandemia.

“Admitimos 5 pacientes de uma só vez na UTI COVID DO HOSPITAL METROPOLITANO ONTEM À NOITE.10 leitos ocupados.Restam 10 leitos nesta UTI.Ainda temos 23 vagas de UTI.Estamos na vigência do pico da doença.Aquilo que prevíamos está ocorrendo.Àqueles que falavam em flexibilização,por favor aceitem às nossas orientações.PARA O BEM DOS PARAIBANOS FIQUEM EM CASA. NÃO QUEIRAM QUE A PARAÍBA SE TORNE MANAUS”, postou num grupo de whatsapp.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

3 + 1 =