O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, destacou, durante entrevista concedida à Rádio Caturité, que é necessário manter o isolamento social, pois a curva mais alta foi prevista do dia 20 de abril a todo o mês de maio, baseado em estudos de dados dos municípios que têm maior circulação viral.

Geraldo declarou também que não se pode abrir o comércio neste momento, pois os casos aumentariam e, consequentemente, o número de mortes também. O médico destacou que a Paraíba está em uma situação relativamente confortável em relação ao número de leitos de UTI e enfermaria disponíveis.

“Pedimos mais paciência aos comerciantes. É fundamental que a sociedade entenda que este não é o momento para abrir o comércio ou ter flexibilização, porque senão teremos daqui a quinze dias o reflexo disso”, disse.

O secretário declarou que os testes rápidos já estão sendo feitos em domicílio na Capital paraibana e logo serão feitos em Campina Grande, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

17 + 3 =