O presidente Jair Bolsonaro bateu o martelo: o atual ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, homem da sua mais absoluta confiança, será mesmo o novo ministro da Justiça e Segurança Pública.

Advogado bem relacionado nos meios jurídicos, o novo ministro recebeu a missão de recuperar o Ministério da Justiça em seu papel político e no relacionamento com a Justiça, principalmente os tribunais superiores.

Jorge Oliveira é oficial aposentado da Polícia Militar do Distrito Federal, e se destacou na vida civil como assessor jurídico, a quem Bolsonaro consulta com primazia, nessa área.

Há muitos anos Oliveira trabalha com a família Bolsonaro. Foi assessor parlamentar do então deputado Bolsonaro, de que seu pai foi chefe de gabinete por duas décadas.

O novo ministro da Justiça também foi chefe de gabinete na Câmara do deputado Eduardo Bolsonaro durante o seu primeiro mandato. Antes de assumir a secretaria-geral, Jorge Oliveira foi subchefe de Assuntos Jurídicos da Casa Civil no início do atual governo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

7 − 1 =