Subiu para 45 o número de profissionais da Saúde infectados pelo novo Coronavírus na Paraíba. A informação foi confirmada através do boletim epidemiológico divulgado na manhã desta terça-feira (21), pela Secretaria de Saúde.

O número corresponde a 17,11% de todos os casos confirmados no Estado. São médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, auxiliares de enfermagem, dentre outros. A Secretaria não possui, no entanto, estatísticas quanto aos óbitos.

No dia 13 de abril a médica Maria de Fátima Castelo Branco, morreu vítima de Coronavírus.

Na Paraíba, o CRM já recebeu denúncias de médicos de hospitais de João Pessoa, de PSFs de Itaporanga, Patos e Campina Grande, além de UPAs de Bayeux e Guarabira. As principais queixas são em relação à falta de EPIs (máscaras, luvas, gorro, óculos ou protetor facial, avental), falta de insumos, exames, material para higienização e de recursos humanos.

Foram confirmadas 33 mortes pelo vírus sendo 20 eram residentes no município de João Pessoa, 2 óbitos em cada um dos município de Santa Rita, Cabedelo, Campina Grande e Patos, e demais com 1 óbito nos municípios de Riachão do Poço, Junco do Seridó, Sapé, Bayeux e Taperoá.

Até agora, os casos confirmados estão distribuídos por 19 municípios (João Pessoa, Bayeux, Campina Grande, Cabedelo, Junco do Seridó, Patos, Pombal, Santa Rita, Serra Branca, Sapé, Sousa, Taperoá, São João do Rio do Peixe, Riachão do Poço, São Bento, Congo, Queimadas, Igaracy e Bom Jesus). No momento, 34 pacientes estão internados em UTI (23 em estabelecimentos públicos e 11 no privado) e 114 em leitos de isolamento (78 em estabelecimentos públicos e 36 no privado), seguindo em  investigação para Covid-19. Os demais casos hospitalizados e com resultado não detectável seguem em investigação para demais vírus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dois × cinco =