A pandemia do novo coronavírus, que chega à marca de quase 41 mil casos confirmados e 2.588 mortes só no Brasil, segue atingindo cada vez mais profissionais da imprensa.

Na Globo, Carol Barcellos, responsável pela editoria de esportes no Bom Dia Brasil, testou positivo para a Covid-19 e foi colocada de quarentena. Âncora do RJTV 1ª Edição, Mariana Gross, que teve contato com Carol nos últimos dias, foi afastada por precaução. Ela, porém, não apresenta sintomas da doença.

Na GloboNews, Raquel Novaes também testou positivo para o coronavírus e foi afastada da apresentação do Edição das 10h. Colegas que tiveram contato com Carol e Raquel também estão sendo monitorados pela junta médica que o Grupo Globo dispõe.

Com as baixas, Silvana Ramiro assumiu a apresentação do RJTV 1ª Edição. Ela permanecerá na função até Mariana ser liberada para voltar ao trabalho.

No canal de notícias, Raquel foi substituída por Cecília Flesch, que passa a ancorar o “lado carioca” do Edição das 10h. Aline Midlej segue no telejornal direto de São Paulo.

Carol Barcellos e Raquel Novaes são as primeiras apresentadoras da Globo e da GloboNews a contraírem o novo coronavírus. Até aqui, a doença havia atingido repórteres, comentaristas e profissionais dos bastidores.

Prevenção

Além de seguir todos os protocolos e cuidados necessários, o Grupo Globo agiu antecipadamente e colocou em home office todos os profissionais que fazem parte do chamado grupo de risco – pessoas com 60 anos ou mais ou portadores de comorbidades (hipertensos, diabéticos, cardiopatas e em tratamento contra o câncer etc).

Com a medida, profissionais do vídeo como Chico Pinheiro, Miriam Leitão, Carlos Alberto Sardenberg, Carlos Tramontina, Alberto Gaspar, Ana Luiza Guimarães, Glória Maria, Leilane Neubarth, Valdo Cruz e José Roberto Burnier foram liberados de suas funções. Alguns, porém, seguem colaborando com o jornalismo da emissora direto de casa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

vinte + doze =