Jair Bolsonaro disse no Palácio da Alvorada:

“Espero que seja a última semana dessa quarentena, dessa maneira de combater o vírus com todo mundo em casa. A massa não tem como ficar em casa porque a geladeira está vazia. Algum tempo atrás, um ministro meu queria que eu colaborasse com um decreto, com uma portaria para multar quem está na rua. Eu falei: não! Não! Quem vai para a rua está atrás de um emprego. Não podemos tratar o povo dessa maneira. Devemos falar para o povo: calma, tranquilidade, 70% vai ser contaminado. Ou vocês querem que eu minta aqui?”

A proposta de multar quem desobedecesse a quarentena foi feita por Luiz Henrique Mandetta e Sergio Moro. Depois de queimar o primeiro, Jair Bolsonaro resolveu queimar o segundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

um × cinco =