Em meio a uma queda de braço na cidade de Campina Grande, onde o prefeito Romero Rodrigues declarou que mesmo com todas as recomendações contra o novo coronavírus, deverá buscar alternativas para que a sua decisão de reabrir o comércio no próximo dia 20 seja realizada, o governador João Azevêdo destacou quem nem a cidade nem a Paraíba estão preparados para um aumento exponencial dos casos confirmados que devem ocorrer por conta da medida.

De acordo com João a reabertura do comércio é muito arriscada e pode trazer danos irreversíveis.

“Infelizmente nós não estamos preparados nem campina Grande está preparada pra isso não. Nesse momento é extremamente arriscado e nós podemos pagar um preço muito alto porque depois não vai adiantar voltar e usar um meio de comunicação e dizer assim, ‘olhe eu sinto muito pelas pessoas que morreram mas realmente não era pra ter sido aberto o comercio nessa época’” pontuou.

O governador ainda revelou que está encaminhando hoje para a Assembleia Legislativa da Paraíba o projeto que torna obrigatório o uso de mascaras a partir do dia 4 e diz que sente orgulho de quem já esta usando.

“Quando vejo uma pessoa na rua de máscara eu tenho orgulho daquele cidadão pois ele pensa coletivamente, pensa em si e no próximo porque não está contaminando o próximo e tem compromisso com sua família porque não quer levar doença pra dentro de casa” disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

12 + 11 =