O Hospital Napoleão Laureano pediu doações de equipamentos de proteção individual (EPIs), para continuar a realizar os atendimentos na unidade de saúde. O hospital que é referência no tratamento do câncer na Paraíba emitiu uma nota em busca de doações de máscaras cirúrgicas e máscara N95, que tem respirador de filtro de carvão, além de luvas e capotes cirúrgicos.

Os equipamentos solicitados pela instituição são necessários para as ações de enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus.

A instituição informou que está com dificuldades de encontrar no mercado e o estoque do hospital já está chegando ao fim.

“Não estamos com esse problema dos EPIs por questões financeiras, mas por dificuldade de encontrar lugar para comprar. Tentamos em todos os lugares a semana inteira e não encontramos. Os poucos lugares que ainda têm mudaram o custo de R$ 0,50 para R$ 5, sendo um valor absurdo. Estamos precisando urgentemente de doações de máscaras”, revelou Marcelo Lucena, diretor financeiro do Laureano.

Segundo o hospital são necessárias 15 mil máscaras cirúrgicas para suprir o hospital por um mês. Com relação às máscaras N95, a unidade precisa de 300 no mesmo período.

Marcelo também informou que entrou em contato com a Secretaria de Saúde, porém eles informaram que já havia repassado para outros hospitais da Paraíba.

Nesta manhã de segunda-feira (13), o secretário de saúde Geraldo Medeiros disse que recebeu o pedido de ajuda do diretor e informou que a Secretaria está avaliando os estoques de EPIs para pode ajudar a instituição.

“Estamos avaliando nosso estoque de EPIs para poder tentar ajudar o hospital no sentido de que os profissionais de saúde sejam protegidos adequadamente”, disse o secretário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dez − nove =