Um dia depois de se reunir com o ministro Luiz Henrique Mandetta, Jair Bolsonaro voltou a alfinetar o titular da Saúde. Em sua sua live semanal nas redes sociais, Bolsonaro voltou a defender o uso generalizado da hidroxicloroquina para o tratamento generalizado da covid-19.

“Médico não abandona paciente, mas o paciente troca de médico”, afirmou Bolsonaro sem citar o nome de Mandetta. Ao justificar que não deixaria o cargo, mesmo em confronto com Bolsonaro, Mandetta tem dito que “médico não abandona paciente”.

“Você tem todo o direito de trocar de médico”, disse. Bolsonaro disse também que já entrou em contato com um dos fabricantes no Brasil e que o país tem capacidade de produzir o remédio em grande escala.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

três × três =