A direção do Jornal Correio da Paraíba tomou uma decisão dura e histórica. Neste sábado (4), o veículo líder no segmento impresso no Estado circulará pela última vez, porque decidiu encerrar as atividades.

O comunicado aos colaboradores foi realizado por dirigentes da Redação e do corpo diretivo do Jornal, a exemplo do Chefe de Redação, Clóvis Roberto, e o ex-superintendente Alexandre Jubert.

– Estou vivendo uma grande tristeza na minha vida profissional diante com comunicado de que o jornal circulará pela última vez neste sábado – afirmou Abelardo Jurema Filho, colunista social do periódico por anos.

O Correio da Paraíba foi fundado por Teotônio Neto, em 1953. O impresso era líder no segmento na Paraíba desde os anos 90 e completou, no último ano, 66 anos de história. Atualmente, estava sob comando do empresário Roberto Cavalcanti, proprietário do Sistema Correio de Comunicação.

O jornal era o único que resistia na modalidade imprensa na Paraíba dentre as publicações privadas, após o fechamento do ‘Jornal da Paraíba’ e do ‘O Norte’. Agora, o Estado conta apenas com o jornal ‘A União’, mantido pelo Governo da Paraíba.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

18 − 4 =