O adiamento e cancelamento de shows por causa da pandemia de coronavírus já gerou prejuízo de mais de R$ 480 milhões no mercado musical do Brasil, segundo levantamento da empresa Data SIM.

O levantamento feito entre 536 empresas do setor indica adiamento ou cancelamento de 8.141 eventos musicais, que tinham juntos uma projeção de público de 8 milhões de pessoas.

A pesquisa identificou o baixo índice de participação em associação de classes (77% dos profissionais não participam de entidades coletivas).

“Esses números ajudam a pensar em ações concretas para o setor, composto por muitos interesses, a maioria sem representação ou associação de classe. É hora de pensarmos coletivamente”, diz em comunicado, Dani Ribas, diretora de pesquisa do Data SIM.
“Vai ser preciso recomeçar, reinventar a música ao vivo”, afirma Pena Schmidt consultor especial do projeto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

15 − catorze =