O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, mais uma vez alvo de críticas do presidente Jair Bolsonaro, disse que não vai pedir demissão porque “médico não abandona o paciente”. Apesar dos ataques de Jair Bolsonaro, segundo O Globo, ele pretende continuar “trabalhando” a fim de “salvar o maior número de vidas que conseguir”.

Apesar disso, Mandetta afirmou, segundo relatos, que não vai pedir para sair e que vai deixar nas mãos de Bolsonaro a decisão de lhe tirar em meio a uma crise.

Ontem, Bolsonaro foi entrevistado pela Rádio Jovem Pan e disse que “está faltando humildade” a Mandetta. “Tá faltando um pouco mais de humildade pro Mandetta”, disse o presidente. “O Mandetta em alguns momentos teria que ouvir um pouco mais o presidente da República”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

18 − seis =