O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, comentou na manhã desta quinta-feira (02) que é favorável ao prorrogação do isolamento social na Paraíba.

“A paralisação gera grandes problemas econômicos, mas não encontramos outra solução a não ser o isolamento social como medida mais segura para ter menos casos”, disse.

Medeiros lembrou que a Paraíba tem um menor número de mortes e a melhor alternativa é manter o isolamento das pessoas. “É o mecanismo que o mundo todo está adotando”, explicou.

O secretário destacou que esta é a opinião da Saúde, mas que o governo que vai decidir analisando todos os detalhes para não provocar um colapso. “Foram abertos restaurantes nas estradas, assim como lotéricas e bancos, com limitações para os aposentados senão muitos não receberiam. Temos que ter cautela no sentido de não produzir um problema maior”, disse.

ATUALIZAÇÃO
De acordo com Medeiros, até a última atualização da Secretaria de Saúde divulgou que na Paraíba são 21 casos confirmados, 420 descartados, que mostra que a maioria dos casos suspeitos eram de gripe comum ou outras doenças e são confundidos com coronavírus.

Até agora um óbito foi confirmado.

O último caso confirmado foi de um homem, de 42 anos, residente em João Pessoa e está em casa em isolamento domiciliar acompanhado pela vigilância em Saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

1 × um =