Foto: reprodução

Os quatro grandes clubes do Rio de Janeiro se reuniram para o lançamento da campanha “Contra a COVID-19 é torcida única”. Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco divulgaram, nesta segunda-feira, a ação que reunirá doações para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e investidos no combate e tratamento do novo coronavírus.

O torcedor que quiser ajudar deverá acessar o site futebolxcovid19.com.br, selecionar o clube do coração, cadastrar-se e escolher o valor que deseja doar. No portal da campanha, será possível acompanhar a evolução das doações, convidar amigos para participar deste movimento e, no fim das ações de combate, verificar como os recursos foram utilizados. Para mais transparência, haverá uma auditoria externa independente.

A ação consistirá em produção de kits para diagnóstico, atendimento a pessoas com casos graves, no Centro Hospitalar para a Pandemia de COVID-19 – Instituto Nacional de Infectologia, que está sendo construído na sede da Fiocruz, apoio comunitário e pesquisas que colaborem com o combate à doença e cuidado aos pacientes.

— Há muito a se fazer e a Fiocruz está firmemente engajada no combate à COVID-19, como é próprio da sua trajetória e tradição. O compromisso dos clubes com esta causa demonstra uma torcida uníssona em combatermos essa pandemia – afirmou Mario Moreira, vice-presidente de Gestão e Desenvolvimento Institucional da Fiocruz.

Presidentes exaltam iniciativa

Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, pontuou sobre a importância dos clubes nesta campanha. O objetivo da ação é mobilizar multidões e, apesar de ter sido iniciada no Rio de Janeiro, a ideia é que a campanha seja abraçada também por outros clubes de todas as regiões do Brasil.

— É extremamente apropriado usar o potencial de marcas tão fortes para uma mobilização em prol da ciência e do bem-estar coletivo. A nossa Nação Rubro-Negra está convidada a aderir a essa ação nobre e de causa humanitária. Unidos daremos a volta por cima – disse o mandatário rubro-negro.

O presidente do Botafogo, Nelson Mufarrej, também convocou a torcida alvinegra para participar do movimento.

— Essa iniciativa é bastante representativa nesse momento difícil e o futebol carioca promove uma corrente que vai cuidar do próximo e salvar vidas. O Botafogo conta com a participação dos seus torcedores e reitera a importância da união com Flamengo, Fluminense e Vasco para mitigar a propagação da COVID-19. A rivalidade só existe dentro de campo – declarou.

Presidente do Fluminense, Mario Bittencourt comentou sobre a iniciativa conjunta dos clubes.

— Vivemos um cenário social bastante grave e todo apoio é mais do que bem-vindo. A sociedade precisa dessa ajuda e o Fluminense, em conjunto com os coirmãos, finca a sua bandeira e convoca os tricolores para multiplicar essa ideia. Juntos podemos fazer a diferença – pontuou o dirigente tricolor.

Médico, Alexandre Campello, presidente do Vasco, se ofereceu como voluntário às autoridades do Rio de Janeiro durante a pandemia.

— É uma ação prioritária e o tempo urge. Entendemos a nossa responsabilidade social e estamos sempre buscando alternativas para ajudar a enfrentar essa crítica situação. O Vasco ressalta a grandeza do futebol do Rio ao se unir pela causa – garantiu Campello.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

16 − três =