Foto: Secom JP

O secretário de Desenvolvimento Urbano de João Pessoa, Zennedy Bezerra, comentou o decreto do prefeito da Capital, que proíbe a realização de velórios em equipamentos públicos e limita a realização desse tipo de celebração em equipamentos privados.

De acordo com Zennedy, o decreto determina o sepultamento imediado de pessoas confirmadas para Covid-19, já os casos suspeitos nos equipamentos privados poderá haver velório limitado a 10 pessoas e com um período máximo de quatro horas. Além disso, os que estiverem presentes precisam manter distância mínima uns dos outros e evitar entrar em contato com idosos, pessoas com doenças crônicas e outros grupos de risco.

Zennedy destacou que são 17 pessoas infectadas na Paraíba, sendo 13 apenas em João Pessoa e que existem 12 mortes suspeitas, de acordo com a Secretaria de Saúde do Estado. “Algumas pessoas estão sendo sepultadas sem saber se a causa da morte foi covid-19 ou não, por isso a necessidade desse procedimento, pois muitos o teste só vai acontecer depois do sepultamento. A opção do governo foi pela vida, entendemos que as restrições causam algum tipo de comoção, mas é no sentido de evitar a proliferação do vírus e a situação vai ser agravada agora pela influenza e dengue”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

20 − 15 =