A médica e pesquisadora paraibana, Adriana Melo, especialista em medicina fetal, lançou um desafio por meio das redes sociais a quem for favorável pelo fim do isolamento social e abertura do comércio, medidas defendidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para tentar conter a propagação do coronavírus, que já infectou mais de 3 mil pessoas no país.

Adriana Melo propõe que quem concorde com o fim do isolamento social e da abertura do comércio, defendida pelo presidente Jair Bolsonaro, que assine um termo dizendo que abre mão de um respirador caso seja infectado e precise do aparelho em um hospital.

“Surgiro a quem for favorável acabar o isolamento social e abrir o comércio, assinar um termo dizendo que abre mão de um respirador quando nós, profissionais de saúde, tivemos que escolher quem vai morrer ou viver”, postouem seu perfil no Instagram a médica.

Especialista em Medicina Fetal, a médica Adriana Melo é referência no tratamento da microcefalia no Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

3 × um =