O presidente também voltou a chamar a epidemia de “gripezinha” e afirmou que o coronavírus “brevemente passará” e afirmou que a vida “tem que continuar”​. (Foto: Reprodução)

Os Secretários de Saúde do Nordeste se manifestaram através de uma carta repudiando o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro, na noite desta terça-feira (24). Na carta, os secretários afirmaram que assistiram o pronunciamento estarrecidos após o presidente pedir reabertura do comércio e escolas e fim do ‘confinamento’.

Ainda no pronunciamento, Bolsonaro disse  que o grupo de risco é o das pessoas acima de 60 anos, “então, por que fechar escolas?”.

O presidente também voltou a chamar a epidemia de “gripezinha” e afirmou que o coronavírus “brevemente passará” e afirmou que a vida “tem que continuar”.

Confira a carta 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quinze − 11 =