Coletiva de Imprensa do Presidente da República, Jair Bolsonaro e Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

O ministro Luiz Henrique Mandetta disse a aliados que vai manter seu posicionamento no sentido de recomendar que se mantenha o isolamento social generalizado, e não, “vertical”, ou seja, só de idosos e pessoas com doenças preexistentes, como defendeu Jair Bolsonaro, segundo informa o site BR Político.

De acordo com esses interlocutores, se Bolsonaro exigir que o Ministério da Saúde reveja seu posicionamento, ele pode até mesmo deixar o cargo. Mas, por ora, a disposição do ministro é permanecer no posto, aponta ainda a reportagem.

Nesta manhã (25), Jair Bolsonaro disse que pretende acabar com o isolamento total, recomendado pela Organização Mundial de Sáude.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dez − dez =