(Foto: Reprodução / Internet)

“Os serviços considerados de primeira necessidade não serão afetados por conta da pandemia do coronavírus em Pernambuco”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico do estado pernambucano, Bruno Schwambach, em contato com o secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico da Paraíba, Gustavo Feliciano, sobre possível fechamento do Porto de Suape.

Na última sexta-feira (20), o presidente do Sindicato dos Revendedores de Gás de Cozinha da Paraíba, Marcos Antônio, disse, em entrevista ao Paraíba.com.br, que tinha recebido informações neste sentido, e em se confirmando, o abastecimento do produto poderia ser afetado no estado.

De acordo com Bruno Schwambach, apesar da suspensão de alguns serviços, os que forem considerados essenciais não terão solução de continuidade.

A medida, segundo ele, serve para tranquilizar a população e minimizar os problemas decorrentes da pandemia em todo o estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

treze + um =