Igreja funcionou normalmente no domingo (22) no bairro de Santo Amaro, no Recife (Foto: Reprodução/TV Globo)

A recomendação neste período de pandemia do novo coronavírus é que as pessoas fiquem em casa e, desta forma, ajudem no combate à disseminação da Covid-19, doença causada pelo vírus. Com as ruas vazias no domingo (22), foi registrada movimentação perto de algumas igrejas que funcionam em locais como a Avenida Cruz Cabugá, no bairro de Santo Amaro, no Recife (veja vídeo acima).

O governo de Pernambuco proibiu, na terça-feira (17), a realização de qualquer evento privado ou público com a participação de mais de 50 pessoas. Mesmo assim, a Igreja Universal e a Igreja Mundial do Poder de Deus abriram as portas para os fiéis, no domingo (22).

Algumas igrejas católicas também continuaram realizando missas em Pernambuco, mesmo com o arcebispo de Olinda e Recife, dom Antônio Fernando Saburido, tendo recomendado o cancelamento de todas as cerimônias com a participação de público desde a quarta (18).

Na igreja da Alto da Sé, em Olinda, Região Metropolitana do Recife, foi realizada neste domingo (22) uma missa transmitida pelas redes sociais.

Posicionamento das igrejas

A Igreja Universal do Reino de Deus emitiu um comunicado informando que decidiu atualizar, no domingo (22), as orientações para o funcionamento das unidades em todo o Brasil e que passou a controlar a entrada das pessoas para cumprir as determinações das autoridades locais. O comunicado também disse que, se for necessário, serão ampliadas os números de reuniões.

Por meio de nota, a Arquidiocese de Olinda e Recife informou que alguns padres estão celebrando missas com equipes reduzidas e para poucos fiéis, mas que a “recomendação é realmente evitá-las ou gravarem missas para serem exibidas nas redes sociais das igrejas”.

O comunicado explicou que a Missa da Igreja da Sé, por exemplo, foi transmitida pela página oficial da arquidiocese para 143 paróquias.

A reportagem do G1 não conseguiu contato com os representantes da Igreja Mundial do Poder de Deus.

Cumprimento de decreto

A Polícia Militar de Pernambuco informou que vem atuando, quando acionada por meio do 190, em conjunto com as guardas municipais e diretorias de controle urbano das prefeituras, para evitar aglomerações em locais públicos e assegurar o cumprimento das determinações das autoridades sanitárias.

No comunicado, a PM explicou que pode ser acionada sempre que alguém perceber o descumprimento das determinações do Governo de Pernambuco e ressaltou que o artigo 268 do Código Penal frisa que é crime “infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa”.

A pena estabelecida para quem descumprir a norma pode variar entre um mês e um ano de prisão e multa.

Covid-19 em Pernambuco

Pernambuco registrou, em 24 horas, quatro novos casos confirmados de Covid-19, sendo três deles no Recife e um em Olinda, na Região Metropolitana. O novo boletim, divulgado no domingo (22) pelo Governo de Pernambuco, informou que subiu para 37 o número de confirmações do novo vírus no estado.

Existem ainda outros 310 casos em investigação. Já foram examinados e descartados 375 casos suspeitos. O estado também possui três casos de pessoas que conseguiram se recuperar da infecção viral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

1 − 1 =