O Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), em João Pessoa, decidiu suspender todos os serviços de ambulatório da unidade a partir desta quarta-feira (18). Além disso, as visitas a pacientes internados na unidade de saúde também estão suspensas.

A determinação faz parte do plano de contingência elaborado pela gestão do hospital para o enfrentamento do coronavírus (Covid-19). O documento prevê também a interrupção imediata das visitas aos pacientes e a restrição do acesso de acompanhantes.

Sem poder realizar visitas, familiares devem acompanhar o quadro clínico das pessoas internadas por meio de um boletim diário, que será publicado às 14h30. Para ter acesso ao estado de saúde do paciente, é preciso ligar para o número 3216-7042, e a informação será relativa ao dia anterior.

As visitas à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) estão permitidas, mas apenas às terças-feiras, às quintas-feiras e aos domingos, às 16 horas, com duração de até uma hora. Apenas um visitante por dia vai ter acesso à UTI, e a troca dos acompanhantes passa a acontecer a cada 24 horas.

A adoção dessas medidas tem como base as ações de enfrentamento do coronavírus (Covid-19), considerando que a situação demanda o emprego urgente de iniciativas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública, a fim de evitar a disseminação da doença.

O plano foi elaborado a partir da reunião do Colegiado Executivo do hospital, composto pela superintendente e os gerentes de Atenção à Saúde, de Ensino e Pesquisa e Administrativo, que foi realizada na manhã da segunda-feira (16). Conforme o gerente de Atenção à Saúde, Moisés Diogo Lima, “as medidas visam a adequar o hospital a um plano de contingência frente à possível epidemia do Covid-2019”.

ADIAMENTO DE FÉRIAS

Entre as ações adotadas, estão: a suspensão de todos os serviços do ambulatório; interrupção imediata de visitas a pacientes internados em alas hospitalares do HULW; acesso exclusivo aos acompanhantes de pacientes internados no âmbito do Hospital Universitário para os casos amparados por lei; definição de um elevador específico para o fluxo de pacientes com suspeita e/ou confirmação de Covid-19.

O plano de contingência prevê ainda o adiamento das férias dos profissionais de todos os setores assistenciais, que estavam programadas para os meses de abril e maio de 2020. Também foi definida a interrupção das atividades dos projetos de extensão desenvolvidos no HULW.

Como medida de racionalização, o Colegiado decidiu que a liberação de máscaras para os profissionais da assistência deve seguir rigorosamente as orientações da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) do hospital.

O Hospital Universitário Lauro Wanderley é uma das unidades da rede hospitalar da Paraíba definidas para acolher possíveis casos de coronavírus, com a disponibilização de três leitos de isolamento para crianças. No Hospital Clementino Fraga estão disponíveis, no primeiro momento, 18 leitos convencionais e 10 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e o Hospital Municipal Santa Isabel reservou 12 leitos convencionais e até 10 leitos de UTI.

Sobre a Ebserh – O Hospital Universitário Lauro Wanderley da Universidade Federal da Paraíba (HULW-UFPB) integra a Rede Ebserh desde dezembro de 2013. Estatal vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

2 + cinco =