Mapa mundi com a distribuição de infectados pelo coronavírus. Foto: © Divulgação/Univ. Johns Hopkins©

O jornal O Globo publicou nesta segunda-feira (16) um apanhado que mostra que a estratégia de saúde utilizada pelo Brasil para conter a epidemia do novo coronavírus falhou na Europa. De acordo com o jornal, apenas um seleto grupo de países conseguiu reverter ou evitar o crescimento exponencial de casos e quase todos na Ásia.

Essas estratégias não foram implementadas no Brasil ainda – principalmente a testagem maciça dos casos e medicas de isolamento social.

Cingapura e Hong Kong são centros urbanos que conseguiram evitar um aumento súbito no número de infectados, já países inteiros que chegaram a perder o controle da epidemia como a Coreia do Sul e a própria China, conseguiram reverter a tendência de aumento.

De acordo com a publicação, o Brasil está num momento relativamente precoce da epidemia, com 200 casos, mas já com transmissão comunitária do vírus. Especialistas ouvidos pelo jornal afirmam que ainda é possível tentar reverter a tendência mais nefasta de expansão, mas com medidas de isolamento ainda relativamente tímidas será difícil atingir resultados, afirmam.

Exemplos mais preocupantes de o que pode acontecer estão na Itália e no Irã, onde a capacidade de acomodação de pacientes graves não deu conta da epidemia, mas a Espanha e a Alemanha também estão vendo uma tendência preocupante agora.

Foto: Vaticano

O virologista Paolo Zanotto, do Instituto de Ciências Biomédicas da USP, alegou que já é possível identificar os fatores que resultaram na desaceleração da epidemia.

“Um é o distanciamento social, independentemente de se atingir isso de maneira impositiva ou advinda do entendimento das pessoas — diz o cientista. — A segunda coisa é a testagem maciça. Isso evita que a transmissão escape do controle. Quando você tem um paciente que testou positivo, e todos os contatos dele são avaliados por PCR (diagnóstico genético), aqueles que foram positivos imediatamente são identificados, e assim vai se fazendo com os contatos dos contatos”, disse ao periódico.

Veja a matéria completa no site d’O Globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

três × três =