Bloco Principal

Saúde da Paraíba investe R$ 11,4 milhões para zerar fila de cirurgias eletivas

Nesta segunda-feira (6), foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) que a Política Nacional de Redução das Filas de Cirurgias Eletivas, lançada pelo Ministério da Saúde deve destinar R$ 11.419.322,90 à Paraíba. O montante será incorporado ao Programa Opera Paraíba e deve ser utilizado para zerar a fila de cirurgias pediátricas. (Veja como ser atendido e calendário do programa no fim da matéria) 

“O Programa Opera Paraíba acontece em parceria com os Municípios, que encaminham os pacientes com demanda cirúrgica para que o Estado possa executar o procedimento nos hospitais da rede estadual. Os recursos do Ministério da Saúde ajudarão a ampliar as cirurgias eletivas no nosso estado, ampliando, também, as cirurgias de alta complexidade. Dessa forma, o Estado lançará, ainda em fevereiro, o Opera Paraíba Pediátrico, que tem como meta zerar a fila de cirurgias infantis em todo o estado”, disse o secretário de Estado da Saúde, Jhony Bezerra.

A Política Nacional de Redução das Filas de Cirurgias Eletivas investirá R$ 600 milhões em todo o país. Estima-se que o montante permitirá entre 461 mil e 922 mil procedimentos, a depender das demandas estaduais e dos valores da tabela do Sistema Único de Saúde (SUS) repassados aos Estados.

O investimento representará um acréscimo entre 20% e 40% no total já realizado na rede pública. Inicialmente, serão repassados R$ 200 milhões para apoio aos planos estaduais para redução das filas de cirurgias e, posteriormente, R$ 400 milhões serão investidos no atendimento especializado.

Opera Paraíba e como ser atendido

O Programa Opera Paraíba foi lançado no fim de 2019 e já realizou mais 33 mil cirurgias eletivas. O calendário de procedimentos a serem realizados até o mês de abril já foi definido pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). A meta é realizar 2 mil cirurgias em 100 dias.

O cadastro no Opera Paraíba acontece nas USFs das Secretarias de Saúde de cada município. Essa demanda é encaminhada para a Secretaria Estadual de Saúde, que faz o levantamento e direciona os pacientes de acordo com a localização para o hospital regional mais próximo.

O usuário do sistema público de saúde também tem a opção de fazer o cadastro pelo site www.operaparaiba.pb.gov.br, basta preencher o formulário, anexando seus exames e o laudo médico que apresente a necessidade de uma cirurgia. Então, o paciente é classificado pela central de regulação e encaminhado para o Hospital Regional executante mais próximo.

Calendário do programa 

  • Picuí

Cirurgias gerais: de 10 a 12 de fevereiro

Cirurgias oftalmológicas: de 15 a 17 de fevereiro

  • Monteiro

Cirurgias gerais: de 24 a 26 de fevereiro

  • Mamanguape

Cirurgias gerais: de 10 a 12 de março

Cirurgias oftalmológicas: de 15 a 17 de março

  • Taperoá

Cirurgias gerais: de 24 a 26 de março

  • Campina Grande

Cirurgias oftalmológicas: de 29 a 31 de março

  • Patos

Cirurgias oftalmológicas: de 4 a 6 de abril

Cirurgias gerais: de 7 a 9 de abril

  • Cajazeiras

Cirurgias gerais: de 14 a 16 de abril

  • Sousa

Cirurgias de 21 a 23 de abril

  • Piancó

Cirurgias oftalmológicas: 24 e 25 de abril

Portal T5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri