Campanha: Ação Detran PB


João Pessoa, 11 de Dezembro de 2019.



> NOTÍCIA


Publicado em 01/12/2019 16h00

'Ser iluminado', diz irmã de Gugu Liberato em texto

Ela usou seu perfil no Instagram para compartilhar um texto cheio de palavras carinhosas sobre o apresentador.

Ouça o áudio:  'Ser iluminado', diz irmã de Gugu Liberato em texto

Gugu morreu aos 60 anos de idade em decorrência de ferimentos causados por uma queda acidental na casa da família em Orlando. (Foto: Reprodução)

Aparecida Liberato se emocionou ao falar sobre o irmão, Gugu Liberato, neste domingo (1). Ela usou seu perfil no Instagram para compartilhar um texto cheio de palavras carinhosas sobre o apresentador e se emocionou ao lembrar o velório, que aconteceu quinta (28) e sexta-feira (29).

"Paz, em cada lenço branco que era abanado durante o cortejo. Amor, em cada lágrima derramada nos rostos tristes. Solidariedade, na presença inabalável das pessoas. Alegria, em cada salva de palmas. Generosidade, em cada aceno de adeus. Respeito, em cada silêncio. Esses lindos gestos e sentimentos que fizeram a despedida de Gugu foram os praticados por meu amado irmão durante toda a sua vida neste mundo físico. E esse é o legado que ele nos deixou, a nós, sua família e a seu público", escreveu.

"Ele amava as pessoas. Tudo o que ele queria era que todos estivessem felizes. Viver, para ele, tinha que ser desse jeito. Ser iluminado aqui na Terra, que inspirou tanta gente, deixa saudades e um enorme vazio em meu coração. Mas sua luz é gigante e agora brilha muito mais forte! Gugu continua a motivar em nós os bons e dignos sentimentos. Minha família e eu agradecemos o carinho e as palavras de conforto de milhares de pessoas, seu público, amigos, colegas, familiares! Que todos estejam em paz!", emocionou-se.

Gugu morreu aos 60 anos de idade em decorrência de ferimentos causados por uma queda acidental na casa da família em Orlando. O apresentador foi socorrido imediatamente, mas não resistiu, tendo morte encefálica declarada na sexta-feira (22).

Seu corpo foi trazido para o Brasil, velado e enterrado em São Paulo, mas seus órgãos foram doados, de acordo com sua vontade, e podem ajudar até 50 pessoas. Além da irmã, ele também deixa a mulher, Rose Miriam, a mãe, dona Maria do Céu, e seus três filhos, João Augusto, de 18 anos, e as gêmeas Marina e Sofia, de 15.

Fonte: Da internet
TAGS
    Nenhum resultado encontrado.
Bookmark and Share
TV TSPB Rádio TSPB 100.5

Colunistas

Categorias

Facebook

Twitter

Vídeos

Parceiros

    Nenhum resultado encontrado.