Sarampo


João Pessoa, 21 de Setembro de 2019.



> NOTÍCIA


Publicado em 04/09/2019 13h36

Polícia confirma mais um paraibano entre os mortos em confronto com PM

Um confronto entre policiais e suspeitos terminou com dois paraibanos mortos no estado de Alagoas. A morte do segundo paraibano foi confirmada no final da manhã desta quarta-feira

Ouça o áudio:  Polícia confirma mais um paraibano entre os mortos em confronto com PM

Material apreendido com os suspeitos de tentar explodir agência bancária no interior de Alagoas — Foto: Ascom/SSP-AL

Um confronto entre policiais e suspeitos terminou com dois paraibanos mortos no estado de Alagoas. A morte do segundo paraibano foi confirmada no final da manhã desta quarta-feira (04). O confronto aconteceu durante uma tentativa de explosão a uma agência bancária na segunda-feira (02). Além dos paraibanos outras sete pessoas foram mortas e mais dois foram presos.

A Polícia Civil informou que é formado por pessoas da Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. A ação criminosa foi combatida por policiais da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic) e do Batalhão de Operações Especiais (Bope) do estado. A investida aconteceu na cidade de Girau do Ponciano, no Agreste.

Entre os mortos, dois são paraibanos. Foi confirmado pela polícia em coletiva nesta terça-feira (03) o nome de Raphael Oliveira Silva, de 35 anos. O segundo campinense, identificado como Gordo Michel, era é ex-presidiário e residia na zona leste de Campina Grande.

Quando os policiais chegaram a Girau, houve uma perseguição que resultou em troca de tiros. Sete vítimas foram levadas para o Hospital de Emergência de Arapiraca, mas morreram. Outros dois suspeitos morreram no local do tiroteio.

O Ministério Público alagoano confirmou apurar se houveram excessos na retaliação da polícia.

Até as 15 horas desta terça, 7 dos 9 envolvidos que morreram durante a ação foram identificados. São eles:

  1. Thalyson Jeins de Moura Severiano, 30, do Rio Grande do Norte
  2. Raphael Oliveira Silva, 35, da Paraíba
  3. Bruno Santiago, 33, de Pernambuco
  4. João Paulo da Silva, 45, de Pernambuco
  5. José Humberto Brasileiro, 44, Pernambuco
  6. Sílvio Ricardo Queiroz dos Santos, 35, de Pernambuco
  7. Luiz Henrique da Silva Neto, 31, do Rio Grande do Norte

Os nomes dos presos também foram divulgados, Diego Pinto Vieira, 36, e Raphael Maia Lins Salles, 33, ambos do estado de Pernambuco.

O delegado explicou que o grupo já vinha sendo monitorado, desde o roubo a uma agência bancária em outro município do interior de Alagoas.

Os presos vão responder por organização criminosa e posse de artefatos explosivos. “O núcleo principal do grupo foi desarticulado, mas continuaremos os trabalhos para saber se mais alguém oferecia apoio ao grupo criminoso”.

 

 

Fonte: Da internet
TAGS
    Nenhum resultado encontrado.
Bookmark and Share
TV TSPB Rádio TSPB 100.5

Colunistas

Categorias

Facebook

Twitter

Vídeos

Parceiros

    Nenhum resultado encontrado.