Sarampo


João Pessoa, 21 de Setembro de 2019.



> NOTÍCIA


Publicado em 22/08/2019 14h00

Audiência é suspensa e Leto Viana só volta a ser ouvido em setembro

A suspensão se deu porque o Ministério Público tem outras audiências a serem realizadas no Fórum de Cabedelo.

Ouça o áudio:  Audiência é suspensa e Leto Viana só volta a ser ouvido em setembro

imagem da internet 
 
O ex-prefeito do município de Cabedelo, Wellington Viana (Leto Viana), só voltará a ser interrogado pela justiça no dia 4 de setembro para esclarecer os fatos da Operação Xeque-Mate. A previsão era de que ele prestasse novo depoimento nesta quinta-feira (22), mas a audiência só pode transcorrer até as 12h devido a outros processos que correm no Fórum da cidade.
 
Duas pessoas foram ouvidas. A vereadora Fabiana Régis e o vereador afastado Moacir Dantas. Na próxima audiência, serão ouvidos, além de Leto, Josué Pessoa e Gilvan Oliveira. 
 
O juiz Henrique Jácome de Figueiredo esclareceu que espera encerrar esse ato processual, que diz respeito as cartas-renúncia assinadas pelos vereadores e que na denúncia da Xeque-Mate constam como se fosse para os parlamentares terem vantagens ilícitas junto ao então gestor municipal. 
 
"Existem vários atos processuais dentro da ação e esse de que estamos tratando agora é sobre as cartas-renúncia. Por isso a necessidade de Leto Viana ser ouvido mais uma vez. Ele será o próximo a ser ouvido no dia 4, quando teremos a audiência de continuação", explicou o magistrado.
 
Na audiência anterior, realizada dia quatro de julho, foram ouvidas as seguintes testemunhas: Guilherme Nogueira de Holanda, Lucas Santino da Silva, Rosildo Pereira de Araújo Júnior, todas arroladas pelo Ministério Público. Indicadas pelas defesas, foram inquiridas as seguintes testemunhas: Geusa de Cássia Ribeiro Dornelas, Artur Antônio Dornelas Ferreira, Rosivando Neves Viana, Vitor Hugo Casteliano, Severino Ferreira de Lima.
 
As demais testemunhas arroladas por ambas as partes foram dispensadas. Na ocasião, foram colhidos os interrogatórios dos réus Belmiro Mamede da Silva Neto, Tércio de Figueiredo Dornelas Filho e Lúcio José do Nascimento Araújo, com a suspensão do ato que terá continuidade nesta quinta(22).

Fonte: Da internet
TAGS
    Nenhum resultado encontrado.
Bookmark and Share
TV TSPB Rádio TSPB 100.5

Colunistas

Categorias

Facebook

Twitter

Vídeos

Parceiros

    Nenhum resultado encontrado.