são jooao


João Pessoa, 23 de Agosto de 2019.



> NOTÍCIA


Publicado em 19/07/2019 10h23

Lacen-PB realiza capacitação no diagnóstico de malária em Campina Grande

Profissionais de saúde que têm experiência em microscopia estão sendo capacitados pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), para o diagnóstico da malária através da gota espessa e teste rápido.

Ouça o áudio:  Lacen-PB realiza capacitação no diagnóstico de malária em Campina Grande

Imagem da internet

Profissionais de saúde que têm experiência em microscopia estão sendo capacitados pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), para o diagnóstico da malária através da gota espessa e teste rápido. A capacitação está sendo realizada pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Paraíba (Lacen/PB) em Campina Grande, durante esta semana. A capacitação é uma das ações desenvolvidas pelo Governo do Estado para descentralizar o entendimento de um agravo por todos os profissionais, apesar de hoje ele estar concentrado em apenas uma região da Paraíba.

O treinamento tem duração de uma semana e está sendo realizado com grupo de seis profissionais que tenham experiência com microscopia. Depois deste período, durante três semanas os profissionais serão acompanhados por meio do envio de lâminas. Depois das leituras das lâminas, eles vão enviando os resultados para a confirmação, explicou Aldenair Torres, farmacêutica bioquímica do Lacen.

O objetivo da capacitação é tornar os profissionais aptos para o diagnóstico da malária por meio do teste rápido e da leitura da gota espessa. Apesar de Campina Grande não estar situada em área endêmica, devido ao registro de casos no Conde, a SES viu a necessidade de treinar para o diagnóstico profissionais de todo o Estado. Atualmente, foram registrados 13 casos de malária na Paraíba, todos na região do Conde.

O Estado vem capacitando um número cada vez maior de profissionais da saúde, disseminando conhecimento teórico e prático, por meio dos métodos do Teste Rápido e da Gota Espessa, a fim de diagnosticar a malária, ter uma resposta rápida e intervenção do tratamento, a fim de minimizar todos os casos que porventura venham a acontecer.

Gota Espessa – O diagnóstico laboratorial da malária é realizado mediante demonstração de parasitos, por meio do método da Gota Espessa, que consiste na visualização das formas do parasito através de microscopia óptica, permitindo a diferenciação específica dos parasitos a partir da análise de sua coloração, morfologia e estágios de desenvolvimento no sangue periférico, devido à sua elevada concentração.

Teste Rápido para Malária – O Teste Rápido para Malária é uma nova metodologia diagnóstica representada pelos testes ‘imunocromatográficos’. Esses testes são realizados em fitas de nitrocelulose, contendo anticorpo monoclonal contra antígenos específicos do parasito. Pela sua praticidade e facilidade de realização, os testes rápidos são muito úteis, principalmente em situações onde não é processado o exame da gota espessa.

 

 

Fonte: Da internet
TAGS
    Nenhum resultado encontrado.
Bookmark and Share
TV TSPB Rádio TSPB 100.5

Colunistas

Categorias

Facebook

Twitter

Vídeos

Parceiros

    Nenhum resultado encontrado.