FESTIVAL DE ARTES


João Pessoa, 22 de Julho de 2019.



> NOTÍCIA


Publicado em 21/06/2019 16h07

Eduardo Jorge ironiza Bolsonaro: ‘Ele já começou a governar?’

Eduardo ironizou ao ser perguntado sobre sua avaliação do atual governo.

Ouça o áudio:  Eduardo Jorge ironiza Bolsonaro: ‘Ele já começou a governar?’

Imagem da internet

De passagem por João Pessoa, o candidato à presidência da República nas eleições de 2014 e candidato à vice-presidência na chapa de Marina Silva nas eleições de 2018, Eduardo Jorge fez críticas ao governo Bolsonaro e comentou os recentes vazamentos divulgados pelo site “The Intercept Brasil”, envolvendo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, quando juiz da Operação Lava-Jato, com o procurador da República, Deltan Dallagnol.

Eduardo ironizou ao ser perguntado sobre sua avaliação do atual governo. “E já começou o governo dele? Ele já começou a governar? Porque até hoje o presidente da República não conseguiu realizar nenhuma reunião da equipe dele”, respondeu.

Eduardo Jorge disse que no papel de oposição, já que é filiado ao Partido Verde (PV), seu dever é de criticar quando necessário. “A nossa Constituição garante que eu possa ser oposição, falar o que eu acho, criticar o que eu acho e isso é uma coisa muito boa para o Brasil… mas por enquanto, o governo dele (Bolsonaro) nem sequer começou”, concluiu.

Sobre a constante troca de cargos de alto escalão no atual governo federal, Eduardo foi direto em dizer que Jair Bolsonaro não tem “capacidade administrativa”, alegando falta de capacidade de dialogar do presidente.

“Ele tem muita dificuldade de conversar com as pessoas, de convencer as pessoas com argumentos e ideias, e de ouvir as ideias dos outros. Qualquer coisa que porventura venha a desagradar, (ele) já despacha o cara. As vezes eu acho que ele nem ouve”, afirmou.

Vazamentos

Comentando sobre os recentes vazamentos de conversas envolvendo o ministro Sergio Moro e o procurador da República Deltan Dallagnol nas investigações da Operação Lava-Jato, Eduardo Jorge afirmou que qualquer pessoa, por mais que queira fazer o bem, deve utilizar de meios legais para alcançar esse fim.

“O ministro precisa aprender a obedecer a lei também. Por outro lado, você utilizar vazamentos ilegais, para clonar celulares de autoridades, ou até de pessoas comuns como eu e você, também não é uma coisa boa. Portanto, tanto oposição como governo e seu ministro, têm que saber disso, têm que obedecer a lei”, pregou. Eduardo Jorge ainda finalizou o tema dizendo que “os fins, para atingir fins bons, têm que ter meios bons e legais”.

Fonte: Da internet
TAGS
    Nenhum resultado encontrado.
Bookmark and Share
TV TSPB Rádio TSPB 100.5

Colunistas

Categorias

Facebook

Twitter

Vídeos

Parceiros

    Nenhum resultado encontrado.