FESTIVAL DE ARTES


João Pessoa, 23 de Julho de 2019.



> NOTÍCIA


Publicado em 21/06/2019 11h30

SMS alerta a população para ficar atenta às doenças de inverno

Nessa época do ano são comuns as variações bruscas de temperatura e o aumento da umidade do ar, o que contribui para o aumento de doenças respiratórias.

Ouça o áudio:  SMS alerta a população para ficar atenta às doenças de inverno

Imagem da 9internet

 

As temperaturas mais amenas caracterizam o período de inverno, que começa oficialmente no próximo dia 21 de junho, mas pessoas alérgicas, idosos e crianças sentem a chegada da nova estação com mais facilidade e intensidade, uma vez que são alvos fáceis para problemas no sistema respiratório.

Nessa época do ano são comuns as variações bruscas de temperatura e o aumento da umidade do ar, o que contribui para o aumento de doenças respiratórias. Por isso, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) reforça a importância de a população ficar atenta aos agravos comuns dessa época e buscar formas de se proteger.

As doenças de inverno variam como gripe e resfriado, mas também podem se apresentar na forma de rinite, asma, sinusite, otite e até uma pneumonia bacteriana, sendo para esta época mais comum quadros infecciosos e alérgicos. Neste período do ano também existe uma maior formação de mofo, principalmente em ambientes domiciliares, e esse mofo ocasiona quadros alérgicos e infecciosos, principalmente em crianças e pessoas alérgicas, que devem redobrar os cuidados, pois ficam propicias a desenvolver outras doenças.

“A mudança repentina de clima, com muita chuva, favorece a proliferação de microorganismos, como vírus, fungos e bactérias, ainda em ambientes fechados, onde as pessoas tendem a se aglomerar para evitar o frio, favorecendo o contágio pelo contato muito próximo com outros indivíduos muitas vezes já doentes”, explica o médico da rede municipal de saúde, Cristheland Lima.

Para adultos e crianças, alérgicos ou não, os cuidados são basicamente os mesmo. A ocupação de espaços mais compactos facilita as doenças respiratórias, que, em 90% dos casos, são causados por vírus transmitidos pelo ar.

“Lavar sempre as mãos, evitar locais fechados com aglomeração de pessoas, cobrir sempre o nariz e boca ao espirrar ou tossir, ter uma alimentação saudável, rica em frutas e verduras, tomar muito líquido, mínimo 2 litros por dia, e vacinação anual contra gripe, aos que integram os grupos de risco, sempre em dia. São cuidados básicos, mas que fazem toda a diferença”, orienta o médico.

Também é importante deixar as janelas abertas para que a casa seja ventilada, principalmente quando há alguém doente no local já que o ambiente arejado e a troca de ar favorecem a diminuição da quantidade de vírus e bactérias circulando.

Para quem tem criança menor de 2 anos os cuidados consistem em observar sempre as variações climáticas, evitar lugares fechados e com muita gente e manter as vacinas em dia. Quem tem alergia deve procurar um médico para manter um tratamento preventivo, além de evitar o contato direto com carpetes, cortinas e pelúcia.

Serviço – Na rede municipal de saúde, as crianças alérgicas e com problemas respiratórios são atendidas no Hospital do Valentina, com atendimento 24 horas por dia em casos de urgência e emergência. Para o acompanhamento, as consultas devem ser marcadas na Unidade de Saúde da Família (USF) onde a criança é cadastrada.

Já os adultos, em caso de urgência e emergência, devem seguir para as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) Oceania, em Manaíra, ou Célio Pires de Sá, no Valentina. Para o acompanhamento, assim como as crianças, devem procurar uma USF, podendo ser atendidos na unidade ou encaminhados pelo clinico geral para atendimento de alergologista ou pneumologista na Policlínica Municipal de Jaguaribe.

Fonte: Da internet
TAGS
    Nenhum resultado encontrado.
Bookmark and Share
TV TSPB Rádio TSPB 100.5

Colunistas

Categorias

Facebook

Twitter

Vídeos

Parceiros

    Nenhum resultado encontrado.