FESTIVAL DE ARTES


João Pessoa, 22 de Julho de 2019.



> NOTÍCIA


Publicado em 20/06/2019 14h45

Tony Show chama a população para irem as ruas no próximo dia 30 para prestar apoio a Sérgio Moro

Ouça o áudio:  Tony Show chama a população para irem as ruas no próximo dia 30 para prestar apoio a Sérgio Moro

No dia 30 de junho, haverá uma manifestação nas ruas em apoio ao Ministro Sérgio Moro, e também a operação Lava Jato. Os movimentos sociais estão realizando a convocação para os atos após o vazamento de mensagens trocadas entre o Ministro e alguns integrantes da força tarefa da Lava Jato. Segundo eles. As mensagens que teriam sido divulgadas ilegalmente pelo site “The Intercept”, apenas comprovam a boa intenção e honestidade de Moro.

Desta forma, para eles, os ataques aos participantes da lava jato seriam de origem criminosa e teriam como objetivo o enfraquecimento e o descrédito das investigações, permitindo inclusive que alguns presos corruptos consigam alvarás de soltura, como o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva.

Sendo assim, os atos possuem um forte apoio do MBL, Vem Pra Rua, entre outros movimentos e grupos político-sociais, se posicionam a favor das prisões de certos políticos apelidados de “Bandidos do Colarinho Branco”.

De acordo com a líder do movimento vem Pra Rua, Adelaide Oliveira, diversas cidades já confirmaram suas participações no evento.

“Moro representa a ideia de combate à corrupção, combate à impunidade, o pacote Anticrime é a materialização dessa ideia. Ele está sendo atacado para que a Lava Jato e o anticrime não passem”, disse ela em uma entrevista ao jornal Gazeta do Povo.

Além disso, outros dois temas serão abordados durante as manifestações, que são a aprovação do pacote anticrime proposto pelo ministro e a aprovação da reforma da previdência. Ambas tem sofrido um boicote por parte de lideranças políticas opositoras.

Entretanto, o objetivo principal do ato é de fato o apoio ao Ministro da Justiça, Sergio Moro.

Os principais críticos interpretaram uma ação criminosa nos ataques, visto que as mensagens eram pessoais e foram obtidas através de hackers, que invadiram ilegalmente a privacidade do ministro. Ademais, há também especulações de que tenham ocorrido edições no material. Portanto, existem constantes reivindicações para que o site seja investigado.

 

 

Fonte: Da internet
TAGS
    Nenhum resultado encontrado.
Bookmark and Share
TV TSPB Rádio TSPB 100.5

Colunistas

Categorias

Facebook

Twitter

Vídeos

Parceiros

    Nenhum resultado encontrado.