são jooao


João Pessoa, 24 de Agosto de 2019.



> NOTÍCIA


Publicado em 21/04/2019 18h35

Flamengo vence Vasco novamente e conquista o 35º título carioca; Assista aos melhores momentos

É a 35ª vez que o clube levanta a taça do Estatual. A última vez havia sido em 2017.

Ouça o áudio:  Flamengo vence Vasco novamente e conquista o 35º título carioca; Assista aos melhores momentos

Neste domingo, com o Maracanã lotado por 52 mil pessoas, o Flamengoconfirmou o favoritismo, bateu o Vasco novamente e se tornou campeão do Campeonato Carioca. A vitória foi por 2 a 0, com gols de Willian Arão (assistência de Arrascaeta) e Vitinho (passe de Diego).

É a 35ª vez que o clube levanta a taça do Estatual. A última vez havia sido em 2017.

PRESENÇA ILUSTRE

O garoto Jhonata Ventura, sobrevivente da tragédia do Ninho do Urubu, vestiu a camisa do Flamengo e foi ao Maracanã para acompanhar a decisão carioca. No Twitter, o clube escreveu: "Seja bem-vindo de volta".

FUMAÇA VERMELHA

A torcida do Fla fez uma verdadeira festa minutos antes de a bola rolar. Nas arquibancadas, fumaças preta e vermelha deixaram o clima ainda mais digno de uma decisão de Campeonato Carioca. O ambiente ficou puramente rubro-negro.

FALTA, CONFUSÃO E GOL

O primeiro gol da finalíssima saiu aos 12 minutos. E é claro que teve polêmica. Gabigol, em impedimento, recebeu na ponta-direita, balançou com a bola e levou uma chegada dura. O clima esquentou, e Leandro Castán e Diego acabaram amarelados.

Na cobrança de falta, Pará rolou para Arrascaeta, que levantou na área. Willian Arão subiu muito mais que a defesa vascaína e, de cabeça, mandou a bola para o fundo das redes. 1 a 0 para o Fla, que abre 3 a 0 no agregado.

FERNANDO MIGUEL E RENÊ SALVAM

O segundo gol flamenguista quase saiu aos 28 minutos. Acionado em velocidade pela ponta-esquerda, Gabigol dominou e cruzou rasteiro. Diego apareceu dentro da área e deu um leve toque. A bola parecia estar entrando, mas Fernando Miguel, bem posicionado, conseguiu salvar.

O Vasco respondeu cinco minutos depois. Após levantamento na área, Diego Alves tirou de soco. A bola sobrou para Yago Pikachu, que bateu de primeira, mas Renê apareceu para tirar na pequena área. O chute tinha endereço.

O ÚLTIMO TEMPO

O Vasco da Gama voltou do intervalo com uma substituição ofensiva. O argentino Maxi López, que foi importantíssimo para o cruzmaltino no final do ano passado, entrou no lugar do garoto Lucas Santos. Com isso Marrony ficou centralizado, Pikachu aberto na direita e Yan Sasse na esquerda.

Derrotada por 2 a 0 na ida e perdendo por 1 a 0 neste domingo, a equipe de Alberto Valentim precisava de três gols para levar a decisão para os pênaltis. A alteração surtiu efeito, e a equipe vascaína melhorou no começo do segundo tempo.

GABI-GOOOOOL - MAS NÃO VALEU

O Flamengo chegou ao segundo gol aos 12 minutos. Mas... não valeu. Com ajuda do VAR, o árbitro Rodrigo Carvalhaes de Miranda anotou impedimento de Gabigol após assistência de Arrascaeta. O centroavante driblou Fernando Miguel, balançou as redes e saiu comemorando muito, mas ele estava um pouco à frente de Castán no momento do passe. 1 a 0 ainda.

DIEGO ALVES SENSACIONAL

O goleiro evitou um gol praticamente certo do Vasco aos 20 minutos do segundo tempo. Após cruzamento de Bruno César, Maxi López se antecipou à marcação e chutou. Diego Alves, com muito reflexo, operou um milagre, impedindo o empate.

OLÉ - JUAN, JUAN, JUAN

A torcida do Flamengo já estava confiante, mas entrou definitivamente no clima do título aos 26 minutos. Foi a partir deste momento que começou a se escutar nas arquibancadas o famoso grito de "olé" e outros cantos de festa. A conquista se aproximava cada vez mais.

O zagueiro Juan, ídolo do clube, também foi lembrado. O nome do defensor de 40 anos foi gritado pela torcida do Flamengo. O veterano se aproxima da aposentadoria e planejamento é que último jogo seja contra o Cruzeiro, na estreia do time no Campeonato Brasileiro, dia 27 de abril.

PARA GARANTIR DE VEZ

O Flamengo confirmou a conquista aos 37 minutos, quando o segundo gol rubro-negro foi anotado. A jogada começou com Diego, que encontrou Vitinho. O atacante arrancou e chutou firme, vencendo o goleiro do Vasco e estufando as redes. Nas arquibancadas, a torcida gritou ainda mais forte "é, campeão".

35 VEZES

O gol de Vitinho garantiu de vez a conquista do Flamengo, que venceu os dois jogos da final por 2 a 0. O troféu deste domingo é o 35º vencido pelo Rubro-Negro na história.

ESPN 

 


TAGS
    Nenhum resultado encontrado.
Bookmark and Share
TV TSPB Rádio TSPB 100.5

Colunistas

Categorias

Facebook

Twitter

Vídeos

Parceiros

    Nenhum resultado encontrado.