são jooao


João Pessoa, 24 de Agosto de 2019.



> NOTÍCIA


Publicado em 08/04/2019 13h10

Vinicius Jr será protagonista no lançamento da camisa branca da Seleção

Ouça o áudio:  Vinicius Jr será protagonista no lançamento da camisa branca da Seleção

Imagem da internet

O atacante Vinicius Junior será protagonista como modelo na apresentação da camisa branca da Seleção Brasileira, que terá lançamento nesta terça-feira, no Museu da CBF, na sede da entidade, no Rio de Janeiro. A camisa será lançada logo após a posse de Rogério Caboclo como novo presidente da entidade. As informações foram dadas inicialmente pelo jornal espanhol “As”.

A CBF pediu permissão ao Real Madrid para ter Vinicius Junior no evento. O atacante está em recuperação de ruptura após ligamento do tornozelo direito e já se encontra no Rio de Janeiro para o lançamento da camisa. De acordo com a assessoria do atacante, a segunda-feira será dedicada à continuidade do tratamento. Na terça à noite mesmo, o jogador volta para a Espanha.

A camisa branca é prevista para ser a camisa 2 de 2019/2020, em substituição temporária a camisa azul. O retorno da camisa 2 é uma homenagem aos 100 anos do primeiro título do Campeonato Sul-Americano do Brasil, em 1919. Inclusive, a parte interna da gola das camisas 1 e 2 têm a inscrição “O Team Brasileiro”, fazendo referência ao termo em inglês, que foi usado no Brasil até os anos 20, antes do aportuguesamento para time.

Imagens da camisa branca já foram vazadas antes do lançamento. No fim de março, a Netshoes México colocou a camisa à venda antes da hora e teve que tirar o link do ar um dia depois. Na venda antecipada, o site mostrou três fotos da camisa. Antes, apenas uma foto da camisa tinha sido vazada. A peça estava à venda por 1.499 pesos mexicanos (o equivalente a R$ 302).

A Seleção nasceu de camisa branca, em 1914. No entanto, a peça ficou marcada pelo vice na Copa do Mundo de 1950 e foi sendo abandonada aos poucos por superstição. Em 1952, na primeira competição após a Copa de 50, a Seleção ainda conquistou o Pan-Americano vestido de branco. Na Olimpíada de 1952, a Seleção jogou pela primeira vez de amarelo, com o Cruzeiro do Sul e a inscrição “Brasil” em letras garrafais na parte da frente.

A camisa branca seguiu sendo utilizada em 1953 e a camisa da Seleção Brasileira nos moldes atuais surgiu neste mesmo período. Naquele ano, o jornal carioca “Correio da Manhã” abriu um concurso para que pessoas de todo o país enviassem sugestões de modelos. Ganhou o modelo desenhado pelo gaúcho Aldyr Schlee, então com 19 anos, que como recompensa faturou o equivalente a R$ 20 mil e um estágio no Correio da Manhã, no Rio de Janeiro (RJ). A nova camisa, com amarelo como cor predominante, teve sua estreia no início de 1954 e desde então virou pentacampeã mundial.

 

Fonte: Da internet
TAGS
    Nenhum resultado encontrado.
Bookmark and Share
TV TSPB Rádio TSPB 100.5

Colunistas

Categorias

Facebook

Twitter

Vídeos

Parceiros

    Nenhum resultado encontrado.