topo




> NOTÍCIA


Publicado em 09/03/2019 09h41

Venezuela: depois de apagão, Maduro e Guaidó convocam novos protestos no país

O presidente autoproclamado da Venezuela, Juan Guiadó, e o chefe de Estado Nicolas Maduro pediram a seus partidários que manifestassem nas ruas neste sábado (10), depois da pane de energia que mergulhou o país no caos nesta quinta-feira (8).

Ouça o áudio:  Venezuela: depois de apagão, Maduro e Guaidó convocam novos protestos no país

Imagem da internet

O presidente autoproclamado da Venezuela, Juan Guiadó, e o chefe de Estado Nicolas Maduro pediram a seus partidários que manifestassem nas ruas neste sábado (10), depois da pane de energia que mergulhou o país no caos nesta quinta-feira (8).

Em uma mensagem no Twitter, Guiadó, reconhecido por cerca de 50 países, pediu ao povo venezuelano que se “posicionasse massivamente contra o regime usurpador, corrupto e incapaz que mergulhou o país no obscurantismo”. Nicolás Maduro também pediu aos seus partidários que se mobilizassem para desfilar contra o "imperialismo". Para ele, o apagão foi “encomendado” pelos Estados Unidos.

O governo venezuelano anunciou nesta sexta-feira (9) que forneceria à ONU “provas” da responsabilidade de Washington, que serão transmitidas a uma delegação do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos. O motivo do corte de energia ainda não foi esclarecido. Especialistas acusam o governo socialista de não ter investido na manutenção da infraestrutura por conta da crise econômica.

A companhia de energia estatal, Corpoelec, denunciou uma sabotagem da central hidrelétrica venezuelana de Guri, a mais importante do país e uma das principais da América Latina. A pane provocou o cancelamento de voos, suspensão de aulas nas escolas, saques e prejudicou ainda mais o atendimento nos hospitais.

 

Fonte: Da internet
TAGS
    Nenhum resultado encontrado.
Bookmark and Share
Assembleia TV TSPB Rádio TSPB 100.5

Colunistas

Categorias

Facebook

Twitter

Vídeos

Parceiros

    Nenhum resultado encontrado.