GOVERNO DA PARAIBA




> NOTÍCIA


Publicado em 27/12/2018 13h51

Messi diz que gostaria do retorno de Neymar ao Barcelona

O atacante Messi, do Barcelona, concedeu uma entrevista ao diário espanhol “Marca”.

Ouça o áudio:  Messi diz que gostaria do retorno de Neymar ao Barcelona

Imagem da internet

O atacante Messi, do Barcelona, concedeu uma entrevista ao diário espanhol “Marca”. Muitos temas foram abordados no bate-papo com um dos melhores jogadores de todos os tempos, que foi questionado sobre um possível retorno de Neymar, hoje no Paris Saint-Germain, ao clube catalão. O craque argentino foi reticente sobre voltar a jogar ao lado do amigo brasileiro.

– Acho complicado. Gostaria que voltasse pelo que significa, tanto como jogador quanto para o vestiário. Somos amigos, vivemos coisas lindas, outras nem tanto, mas passamos muito tempo juntos. Acho muito difícil que deixe Paris. O PSG não vai deixar Neymar sair – disse Messi.

Vencedor de cinco Bolas de Ouro, o craque argentino tentou se esquivar do tema e evitar polêmica sobre não ter levado o prêmio deste ano, que ficou com Modric. Ao analisar a liga espanhola sem Cristiano Ronaldo, que foi para a Juventus, Messi também lembrou que a saída do português deixou uma lacuna no Real Madrid, algo que aconteceria em qualquer clube do mundo. Mas recusou um convite público feito por CR7 para também se mudar para a Itália:

– No início da temporada já disse que o Real Madrid é um grande clube, um dos melhores do mundo e com jogadores de sobra. Mas Cristiano faria falta em qualquer equipe que deixasse. Marca muitos gols em cada temporada, além disso te dá muitas outras coisas no campo. Essa época que vivemos juntos na mesma liga e cada um tentando ganhar com sua equipe foi linda. Cristiano foi um grande jogador para a liga (espanhola) e para o Real Madrid, esses duelos eram muito bonitos.

+ Catar aguarda resultados de estudos, mas não curte ideia de inchaço da Copa em 2022
+ Sons simulando câmara de gás e cânticos sobre o Holocausto: times ligados a judeus são alvo antissemita

Messi também deixou claro que hoje a família é sua prioridade, apesar de amar o futebol. O craque argentino também afirmou que gostaria de voltar a trabalhar com o técnico Pep Guardiola, que está no Manchester City, com quem compartilhou grandes conquistas no Barcelona:

– Apesar de ser difícil, gostaria de voltar a trabalhar com Guardiola. É um dos melhores treinadores do mundo. Por isso gostaria, mas aviso que isso é complicado.

 

Fonte: Da internet
TAGS
    Nenhum resultado encontrado.
Bookmark and Share
Assembleia TV TSPB Rádio TSPB 100.5

Colunistas

Categorias

Facebook

Twitter

Vídeos

Parceiros

    Nenhum resultado encontrado.