são jooao


João Pessoa, 23 de Agosto de 2019.



> NOTÍCIA


Publicado em 24/10/2018 15h18

Pacotes que com possíveis bombas são mandados para Hillary, Obama, CNN e governador de NY

Dois pacotes suspeitos com "potenciais dispositivos explosivos" enviados para as residências da ex-primeira-dama Hillary Clinton e do ex-presidente Barack Obama foram interceptados pelo serviço secreto dos EUA

Ouça o áudio:  Pacotes que com possíveis bombas são mandados para Hillary, Obama, CNN e governador de NY

Imagem da internet

Dois pacotes suspeitos com "potenciais dispositivos explosivos" enviados para as residências da ex-primeira-dama Hillary Clinton e do ex-presidente Barack Obama foram interceptados pelo serviço secreto dos EUA, informou nesta quarta-feira (24) o Departamento de Segurança Interna americano.

Em seguida, ainda nesta manhã, o prédio onde fica a rede CNN em Nova York foi esvaziado, também por causa de um pacote suspeito que depois se constatou conter "um aparente dispositivo explosivo funcional", nas palavras da polícia, e um envelope com um pó branco. Para o prefeito de Nova York, Bill De Blasio, o envio do pacote tinha a intenção de "aterrorizar". "Isso é claramente um ato de terror tentando minar nossa imprensa livre e líderes deste país através de atos de violência ”.

 

 

Mais tarde, o governador do estado de Nova York, o democrata Andrew Cuomo, também disse que seu escritório recebeu um pacote com um dispositivo suspeito.

A CNN chegou a afirmar nesta manhã que um outro pacote suspeito teria sido mandado para a Casa Branca, mas o serviço secreto negou.

Descobertos na triagem

O serviço secreto interceptou o pacote endereçado a Hillary Clinton na terça-feira (23) e, na manhã desta quarta (24), o outro que iria para a casa do ex-presidente Obama. Os pacotes enviados foram imediatamente identificados como "potenciais dispositivos explosivos" durante os procedimentos de triagem de rotina.

Obama e Hillary não chegaram a receber ou correram risco de recebê-los, segundo a nota do Departamento de Segurança Interna. Uma investigação criminal foi aberta para identicar o responsável pela ação.

Alguns veículos da imprensa americana, como a rede ABC e o "New York Times" tratam os pacotes como "explosivos", mas a informação oficial disponível até o momento é de que se tratam de "potenciais dispositivos explosivos".

“Estamos bem, obrigada aos homens e mulheres do Serviço Secreto que interceptaram o pacote que nos era endereçado muito antes de chegar a nossa casa”, afirmou Hillary.

 

Fonte: Da internet
TAGS
    Nenhum resultado encontrado.
Bookmark and Share
TV TSPB Rádio TSPB 100.5

Colunistas

Categorias

Facebook

Twitter

Vídeos

Parceiros

    Nenhum resultado encontrado.