GOVERNO DA PARAIBA




> NOTÍCIA


Publicado em 05/05/2018 11h18

Emoji misterioso trava WhatsApp totalmente; entenda e evite

A recomendação é de que o usuário não pressione e não compartilhe a mensagem, para evitar transtornos.

Ouça o áudio:  Emoji misterioso trava WhatsApp totalmente; entenda e evite

Usuários do WhatsApp relatam um novo bug ao receber um emoji de esquilo, com os dizeres “não toque aqui”, travando o app ou mesmo o smartphone após tentar tocar ou remover a mensagem. A falha, que não se trata de um vírus, afeta celulares Android, e pode ser resolvida fechando e abrindo o app ou reiniciando o celular.

A recomendação é de que o usuário não pressione e não compartilhe a mensagem, para evitar transtornos. O WhatsApp não se pronunciou oficialmente sobre o caso até a finalização dessa matéria.

O bug acontece quando uma mensagem com emojis de esquilo ou um ponto preto, com os dizeres como “não toque aqui” ou “Se você tocar no ponto preto seu WhatsApp vai travar”, é recebida tanto em grupos quanto em conversas privadas. Dessa forma, ao tentar pressionar, selecionar ou remover a mensagem, o uso do aplicativo ou do celular é impossibilitado imediatamente.

Segundo o site Xataka Android, a falha acontece quando um conjunto com mais de 4.000 caracteres ocultos é enviado em apenas uma mensagem. Dessa forma, o WhatsApp se torna não responsivo, uma vez que a quantidade é acima do suportado pelo aplicativo.

Falha também pode acontecer com outros emojis e mensagens diferentes (Foto: Reprodução/Bruno De Blasi)Falha também pode acontecer com outros emojis e mensagens diferentes (Foto: Reprodução/Bruno De Blasi)

Em testes do TechTudo, para solucionar o bug, foi preciso fechar e abrir aplicativo novamente. Para apagar a mensagem, é preciso utilizar o WhatsApp Web ou excluir a conversa com completo. Até o momento, não há informações sobre atualizações com a correção do problema.

 

Segurança

 

Embora a falha não seja um vírus, o WhatsApp enfrentou algumas tentativas de golpe no início do ano. Em abril de 2018, uma ameaça afetou 600 mil brasileiros em menos de 24 horas, usando beneficiários do programa Bolsa Família como alvos. No mesmo mês, 26 mil usuários foram atingidos por outra tentativa de fraude, prometendo recarga grátis.

Para evitar problemas, é importante estar atento a links compartilhados entre amigos e familiares. Há, também, soluções fornecidas por aplicativos, como AVL, Avira e DFNDR Security, que impedem ameaças com ferramentas anti-phishing que permitem encontrar conteúdos suspeitos no WhatsApp, Facebook Messenger e em mensagens SMS.

 

TechTudo


TAGS
    Nenhum resultado encontrado.
COMENTÁRIOS
Bookmark and Share
Assembleia TV TSPB Rádio TSPB 100.5

Colunistas

Categorias

Facebook

Twitter

Vídeos

Parceiros

    Nenhum resultado encontrado.