GOVERNO DA PARAIBA




> NOTÍCIA


Publicado em 07/02/2018 10h50

Jim Carrey faz campanha contra o Facebook e apaga página

O ator Jim Carrey publicou nesta terça-feira (6) uma campanha contra o Facebook.

Ouça o áudio:  Jim Carrey faz campanha contra o Facebook e apaga página

Imagem da internet

O ator Jim Carrey publicou nesta terça-feira (6) uma campanha contra o Facebook. A alegação é que a empresa criada por Mark Zuckerberg “lucrou com a interferência russa” nas eleições de 2016 nos Estados Unidos e “ainda não está agindo o bastante para acabar com isso”.

Em seu perfil no Twitter, Carrey postou uma caricatura de Zuckerberg ao lado da palavra Fakebook (uma brincadeira com a palavra “fake”, ou falso).

O ator diz que irá apagar sua página na rede social (ela estava fora do ar no horário de publicação desta matéria) e vender as ações que têm da empresa por abaixo do valor.

“Estou vendendo minhas ações do Facebook a preço de banana e deletando minha página porque o Facebook lucrou com a interferência russa nas nossas eleições e ainda não está agindo o bastante para acabar com isso. Encorajo todos os outros investidores que se importam com o nosso futuro a fazerem o mesmo. #unfriendfacebook”, disse o ator.

Polêmica eleitoral

Em janeiro, o Facebook informou ao Congresso dos Estados Unidos que russos criaram 129 eventos na rede social durante a campanha eleitoral norte-americana de 2016. A empresa afirmou que 338,3 mil contas diferentes visualizaram os eventos e que 62,5 mil confirmaram presença. A empresa disse que não tinha dados sobre quais eventos realmente aconteceram.

 

A Rússia nega as conclusões das agências de inteligência dos EUA de que tentou interferir na democracia norte-americana.

O Facebook já disse anteriormente que cerca de 126 milhões de norte-americanos podem ter visto conteúdo político financiado por russos no Facebook durante um período de dois anos, e que 16 milhões podem ter sido expostos à informações russas no Instagram.

Facebook, Twitter e Google, da Alphabet, testemunharam sobre o mau uso de seus serviços para três comitês do Congresso dos EUA em outubro e novembro.

 

 

Fonte: Da internet
TAGS
    Nenhum resultado encontrado.
Bookmark and Share
Assembleia TV TSPB Rádio TSPB 100.5

Colunistas

Categorias

Facebook

Twitter

Vídeos

Parceiros

    Nenhum resultado encontrado.