Tony Show




> NOTÍCIA


Publicado em 04/01/2018 10h39

'Quero ir embora': 7 jogadores loucos para mudar de clube

trabalhar pensando na temporada de 2018, mas o torcedor ainda vai ver mudanças nos elencos nos próximos dias.

Ouça o áudio:  'Quero ir embora': 7 jogadores loucos para mudar de clube

Pela ordem: Tréllez, Gustavo Scarpa, Bruno Silva e Diego Souza Fotos GazetaPress

 

A maioria dos clubes da elite do futebol brasileiro já começou a trabalhar pensando na temporada de 2018, mas o torcedor ainda vai ver mudanças nos elencos nos próximos dias. As equipes estão se mexendo, mas há casos em que os jogadores é que estão tentando mudar de ares.

Neste momento, o caso mais claro disso é o do meia Gustavo Scarpa. Ele deveria ter se apresentado ao Fluminense na manhã da última quarta-feira. Não fez e, segundo a assessoria de imprensa da equipe, não justificou.

Diante desse cenário, muitos já entendem que o jogador não ficará no clube carioca em 2018.

O caso dele talvez seja o mais extremo, uma vez que o jogador deu um "cano" no clube. Mas muitos outros casos foram vistos entre o final de 2017 e início de 2018. Jogadores que não esconderam da imprensa o desejo de mudar de ares, aqueles que se despediram antes da hora pelas redes sociais e por aí vai. Confira:

GUSTAVO SCARPA

Já que mencionamos ele no início do texto, nada mais justo do que explicar melhor o que está em jogo.

O meia de 23 anos é alvo do interesse de Corinthians, Palmeiras e São Paulo. Do trio de ferro paulistano, a equipe alviverde é a que tem mais condições de investir financeiramente (conta com apoio da Crefisa).

Mas a diretoria do Fluminense, embora irritada com a ausência de Scarpa no treino, deseja receber uma compensação financeira e também jogadores para se desfazer da joia revelada em suas categorias de base.

Oficialmente, o diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, disse que tentou negociar, mas não avançou. Mas deixou aberta a possibilidade de ainda ocorrer alguma reviravolta.

O gerente de futebol do Corinthians, Alessandro Nunes, tentou despistar o que sua equipe fará.

"Não posso ignorar a vontade de tê-lo. Mas não posso falar nada ainda de um atleta do Fluminense. É um excelente atleta e qualquer equipe gostaria de ter. Chegamos a conversar, sim, em dezembro, mas não seguimos desde então".

O São Paulo não se manifestou oficialmente.

DIEGO SOUZA

O meia do Sport interessa ao São Paulo, que trata o assunto da forma mais sigilosa possível. A ausência dele nos treinos da equipe pernambucana na quarta-feira, contudo, deixou a diretoria rubro-negra em alerta.

“Em 2017, o Diego fez 55 partidas, marcou 21 gols e deu 11 assistências. O Diego tem uma característica de não visitar o departamento médico, não tem problema de lesão. Então, para um clube tirar um atleta desse porte do Sport, vai ter de abrir o caixa”, afirmou Alexandre Faria, diretor-executivo de futebol do Sport, em entrevista coletiva.

O fato é que o time tricolor ofereceu R$ 6 milhões ao Sport, que recusou a oferta e teria sinalizado que o mínimo aceitável é R$ 10 milhões.

Nos bastidores, o jogador de 32 anos já teria sinalizado que gostaria de se transferir. A falta dele nos treinos de quarta-feira foi um indicativo disso, embora a assessoria de imprensa do clube minimizou a falta e disse que a diretoria estava ciente de que ele não estaria presente. Diego Souza, contudo, é aguardado nesta sexta-feira.

JUNINHO CAPIXABA

Alessandro Nunes, gerente de futebol do Corinthians, não quis confirmar Juninho Capixaba como novo reforço do time. Ao atender os jornalistas na quarta-feira, apenas disse que tudo caminha bem para ter um acordo.

Na verdade, o acerto já foi feito. O Corinthians aceitou pagar R$ 6 milhões e ceder de forma definitiva o goleiro Douglas ao Bahia em troca do lateral esquerdo. Por que não oficializou a negociação?

A culpa é do próprio Juninho Capixaba. Antes de tudo estar fechado, ele avisou pelas redes sociais que estava de saída do Bahia. Publicou na última terça um texto de despedida no Instagram e revoltou os cartolas.

O acordo ainda não estava 100% fechado e a ala corintiana teve de se esforçar para acertar com os tricolores.

"Nesse momento difícil de despedida, eu quero agradecer a todos e não poderia deixar de reservar um espaço especial neste texto para a Nação Tricolor, que sempre me apoiou desde que eu fui lançado", foi a mensagem de Juninho.

LUCAS PRATTO

O argentino interessa ao River Plate e, apesar disso, não fugiu das responsabilidades. Apresentou-se normalmente ao São Paulo na manhã de quarta-feira, conforme ordenado pela comissão técnica.

Mas cartolas são-paulinos entendem que ele está próximo mesmo é de se despedir do clube do Morumbi.

O presidente do River, Rodolfo d'Onófrio, declarou nesta semana que fará uma proposta boa ao São Paulo e que fechará a contratação. A confiança dele não é infundada.

Ele fez contato com o jogador, que confessou que tem interesse em regressar para a Argentina, jogar a Copa Libertadores e, quem sabe, chamar a atenção da seleção argentina.

BRUNO SILVA

Ele já foi confirmado pelo Cruzeiro, embora não tenha se apresentado juntamente com o elenco na última quarta-feira. O motivo? Precisa aguardar até que tudo esteja 100% certo para vestir a camisa celeste.

Mas não pense que a transferência de Bruno Silva foi em águas calmas. Desde novembro sofria pressão dos torcedores. O motivo foi um gesto feito pelo meio-campista durante o duelo contra o Atlético-GO ao ser vaiado. Com as mãos, ele fez um gesto indicado que o fim da trajetória no clube estava bem próximo.

A diretoria até exigiu desculpas públicas e tentou contornar o caso, mas o clima azedou. O presidente do Botafogo chegou a afirmar que Bruno Silva cumpriria o contrato até o fim de 2018, mas termino o Campeonato Brasileiro o meio-campista já passou a se posicionar como ex-jogador do time carioca.

MURALHA

Um ano inteiro criticado. Um ano inteiro sob desconfiança. Um ano inteiro sendo alvo de brincadeiras, provocações e gozações. Assim foi a temporada do goleiro Muralha pelo Flamengo.

Por isso não é de se estranhar que ele queira novos ares em 2018.

E o espaço para ele no clube da Gávea também parece ter terminado. O titular é Diego Alves. Thiago e César parecem ultrapassado Muralha na preferência da comissão técnica.

Para ser ter ideia do quanto é complexa a situação: torcedores rubro-negros ou não se divertiram nos últimos de 2017 espalhando memes das falhas de Muralha e especulando a contratação dele pelo Fluminense.

TRÉLLEZ

Após o Brasileiro de 2017, tudo indicava que Tréllez acertaria com o Corinthians. A ponto de o jogador recusar uma proposta de renovação com o Vitória, que ampliaria o vínculo dele, que terminará em dezembro de 2018.

Mas o Corinthians acabou vendendo Jô para o Nagoya Grampus, do Japão, e a diretoria reviu a decisão de trazer Tréllez. Segundo o gerente de futebol alvinegro, a hora é de investir em um artilheiro.

“Negociávamos quando tínhamos o Jô. O Trellez viria para ser opção, mas agora não temos o artilheiro do Brasileiro. Não temos duas balas para atirar, às vezes é melhor guardar e gastar na hora certa”, disse Alessandro Nunes.

 

 
Pela ordem: Tréllez, Gustavo Scarpa, Bruno Silva e Diego Souza Fotos GazetaPressPela ordem: Tréllez, Gustavo Scarpa, Bruno Silva e Diego Souza Fotos GazetaPress

 

 
Pela ordem: Tréllez, Gustavo Scarpa, Bruno Silva e Diego Souza Fotos GazetaPressPela ordem: Tréllez, Gustavo Scarpa, Bruno Silva e Diego Souza Fotos GazetaPress

Fonte: Da Internet
TAGS
    Nenhum resultado encontrado.
Bookmark and Share
Assembleia TV TSPB Rádio TSPB 100.5

Colunistas

Categorias

Facebook

Twitter

Vídeos

Parceiros

    Nenhum resultado encontrado.